Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de abril de 2011

FARRA DO BOI


NA CONTRAMÃO 
Não sou a favor de que se maltrate animais. Todavia questiono, como moradora que sou, o fato de que estas pessoas e entidades que todos os anos fazem um cavalo de batalha por conta da farra do boi, gastando muita grana com cartazes, out-doors e publicidade jamais o fizeram, por exemplo, para questionar as crianças indígenas que encontramos em cada esquina. Também em nenhum momento assisti qualquer questionamento quanto aos rodeios que, igualmente, redundam em maus tratos aos animais. Para mim é muito fácil bater em cachorro morto, pois quem pratica a farra não são os poderosos. Se é para defender a vida, que defendamos todas as formas de vida. Do alto de minha mais profunda insignificância, penso que é através da conscientização que se pode obter algum resultado: a farra do boi, pode ser que equivocadamente, é um movimento de resistência da cultura local ante a invasão de outras culturas. Portanto sou totalmente contrária à forma como vem sendo tratada esta problemática.

2 comentários:

ROSA disse...

Je suis tout à fait d'accord avec vous!

TododiaMaria disse...

Gracias, Rosa. Fico muito honrada com a atenção que você dá aos meus escritos.abs.